Home > Blog > Sector de la electrónica: 5 claves para elegir partner de traducción

Sector de la electrónica: 5 claves para elegir partner de traducción

Leitura:: 4 minutos

A maioria das empresas do setor da eletrónica está consciente da importância de ter os seus conteúdos traduzidos para as línguas dos mercados em que desenvolvem ou pretendem desenvolver a sua atividade. Embora muitos já tenham seu site traduzido, assim como seu material mais importante, poucos possuem uma solução completa e adequada.

Explicamos por que é tão necessário ter um parceiro de tradução adequado, especialmente se nos referirmos ao setor eletrônico.  

 

Quando questionados por que não trabalham com profissionais de tradução ou por que não estão satisfeitos com o parceiro de tradução atual, a resposta mais comum não é “o preço”. Em vez disso, a principal razão é que eles não confiam no tradutor para conhecer sua tecnologia: "Como um tradutor conhecerá meu setor e minha terminologia?" Essa questão costuma ser recorrente e é uma preocupação compartilhada por muitas empresas, principalmente aquelas que fazem parte do setor eletroeletrônico, devido às complicações decorrentes da natureza de sua atividade. No entanto, a resposta é bastante simples: comunicando-se corretamente.

Aprenda as chaves para escolher seu parceiro de tradução no setor eletrônico

É evidente que encontrar o parceiro de tradução ideal pode ser complicado e desafiador. Por isso, alguns pontos importantes devem ser considerados. A seguir, analisamos os cinco pontos-chave para estabelecer um relacionamento duradouro e eficaz com seu provedor de serviços de tradução.

1. Identifique as necessidades e o escopo do seu projeto

Antes de começar a procurar um parceiro de tradução, um trabalho interno deve ser feito para definir o que você quer traduzir, qual pessoa da empresa ficará responsável pelo projeto, o quanto essa pessoa sabe sobre a área de tradução, qual orçamento você deseja alocar, etc. Quanto mais definidos esses aspectos forem internamente, mais fácil será para o candidato ou parceiro de tradução entender e atender às suas expectativas. O provedor de serviços de tradução ideal pode aconselhá-lo durante esse processo de definição, portanto, não hesite em pedir conselhos.

2. A equipe de tradução realmente conhece minhas necessidades específicas?

Essa é a grande preocupação para muitas empresas. A resposta é simples: você não os conhece, pelo menos no início. O que eles têm a obrigação de conhecer bem é o setor. Eles devem ser especializados em eletrônicos e estar familiarizados com os principais agentes (empresas, associações etc.), com os principais eventos (IFA, SEMICON etc.) e com as principais mídias (Electronics World, Electropages etc.). Na verdade, no cenário atual de eletrônicos de consumo, muitas marcas estão pedindo para colaborar com tradutores que usam seus produtos, gostam de sua marca e estão entusiasmados por fazer parte de sua equipe. Porque eles fazem (ou deveriam fazer) parte da sua equipe!

Como ter certeza de que encontrou o parceiro certo? Testando. Realize um teste que desafie as habilidades de tradução, pesquisa e redação. Depois que ele passar no teste e se juntar à equipe de tradução, você deve fazer um acompanhamento inicial. Faça com que sua equipe revise seus primeiros projetos e compartilhe o feedback. O feedback é essencial! Quanto mais avaliações e comentários você fornecer à equipe de tradução, melhor eles conhecerão você. O resultado final vai refletir seu estilo e os valores da marca com mais precisão.

3. A marca está em tudo que você faz

Já se foi o tempo em que somente o conteúdo de marketing era escrito com cuidado (já que ele evidencia os valores e a identidade da marca). Em um mundo onde o conteúdo digital é o mais visível, sua marca é vista através de tudo o que você escreve: software, manuais de instruções e, é claro, material de marketing. Cada palavra que você escreve deve estar em sintonia com a voz e a imagem que você deseja projetar para o mundo. O mesmo deve acontecer com as traduções, uma vez que são também “a sua identidade” no mercado estrangeiro em que exerce a sua atividade.

Portanto, para ter boas traduções, é necessário ter um bom texto de partida. Na indústria eletrônica, é muito comum que falantes não nativos (e não linguistas) criem conteúdo em inglês. O resultado nem sempre é o melhor, e isso dificulta o trabalho do tradutor, porque não é possível entender o significado adequadamente.

Tente revisar o conteúdo de origem, especialmente se você planeja traduzi-lo e é altamente visível. Você verá a diferença na tradução.

4. O líder de idiomas como guardião da qualidade

Várias empresas internacionais de grande porte têm um departamento de traduções interno, com tradutores e gerentes de projeto que geralmente vêm do mercado de tradução. Em alguns casos, eles traduzem tudo sozinhos, enquanto em outros são os principais responsáveis por monitorar e revisar a qualidade dos parceiros de tradução externos. Alguns desses tradutores internos atuam como Language Leads, ou seja, linguistas que possuem ampla experiência no projeto e podem atuar como “guardiões” da terminologia, correção e estilo.

Empresas menores ou start-ups não costumam ter essa estrutura interna. É por isso que um provedor de serviços linguísticos confiável deve suprir essa necessidade. Seu tradutor mais experiente pode assumir a função de supervisão e garantir a qualidade que atende às expectativas. Certifique-se de discutir esse aspecto com o parceiro de tradução e concordar com as condições para adicionar um líder de idioma à sua equipe.

5. Comunicação: um circuito aberto

A comunicação é a resposta para a maior preocupação que as empresas de eletrônicos têm ao terceirizar suas traduções: como meu provedor de serviços de tradução pode saber sobre o estilo da minha marca, requisitos técnicos e terminologia preferida? Bem, falar com ele e ouvir seus conselhos, como um circuito aberto que nunca fecha ou é interrompido. Conectar a experiência de sua empresa em seu campo com o conhecimento de seu parceiro criará  o melhor fluxo de comunicação para o sucesso.

Certifique-se de escolher um parceiro que vai ajudar você a compreender qual abordagem funciona melhor em cada situação. O relacionamento com o parceiro de tradução deve ser semelhante ao que você tem, por exemplo, com sua agência de marketing.

Cada empresa tem terminologia e estilo únicos. A única maneira de manter um relacionamento duradouro e valioso com seu provedor de serviços de tradução  é por meio de comunicação bidirecional contínua. Esperamos que esses cinco pontos ajudem você a encontrar o parceiro de tradução ideal. E se precisar de conselhos, não hesite em contactar-nos.

Sofia Alves Machado
Key Account Manager
iDISC Information Technologies

Compartilhar página

Artigos relacionados

icon-CTA-SUSCRIBTETE-BLOG

Quer ficar por dentro de todas as novidades tecnológicas do seu setor?

Inscreva-se em nosso blog